Evidências de Deus , uma fé racional

este forum tem o propósito de organizar e juntar evidências científicas, filosóficas e racionais pela existência do Deus da biblia


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

A origem de organismos multicelulares é da melhor maneira explicado através de design inteligente

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

A origem de organismos multicelulares é da melhor maneira explicado através de design inteligente

http://elohim.heavenforum.org/t178-a-origem-de-organismos-multicelulares-e-da-melhor-maneira-explicado-atraves-de-design-inteligente

Os defensores da  evolução repetem como um mantra, que a evolução micro leva a evolução macro, e não existe nenhuma barreira que dificulta a transição de um para o outro, o que e explicaria a nossa biodiversidade hoje.

O surgimento de multicelularidade era supostamente, um grande salto evolutivo. Na verdade, a maioria dos biólogos considerá-la uma das transições mais significativas na história evolutiva dos habitantes da Terra. "Como uma única célula deu o salto para um organismo complexo é no entanto um dos grandes mistérios da vida."

Cenários de evolução macro e mudanças incluem grandes transições, que é de LUCA, o último ancestral universal comum,  para produzir as primeiras células procariotas, as associações de células procariotas para criar células eucarióticas com organelas como cloroplastos e mitocôndrias, e do estabelecimento das sociedades cooperativas compostas por indivíduos multicelulares discretos. Ou, por outras palavras: A corrente de organização hierárquica de vida reflete uma série de transições nas unidades de evolução, tais como a partir de genes de cromossomas, a partir de procariotas para células eucariotas, de unicelular para   indivíduos multi celulares, e a partir de organismos multi-celulares para as sociedades . Cada uma dessas etapas requer a superação de grandes obstáculos e aumento de complexidade, o que só pode ser apreciado por aqueles, que têm gasto  tempo para educar-se e adquirir conhecimentos dos mecanismos extraordinariamente complexos e múltiplos envolvidos. O surgimento de multi-celularidade foi ostensivamente um grande salto evolutivo.

A mudança de organismos unicelulares para os feitos de muitas células supostamente evoluíram independentemente mais de duas dezenas de vezes. A evolução requer mais do que um mero aumento de um sistema existente de coordenação da multicelularidade a evoluir; requer a criação ex nihilo de um novo sistema de organização para coordenar as células de forma adequada para formar um indivíduo multicelular.

Há um nível de estrutura encontrada apenas em organismos multi-celulares:  coordenação intercelular. O organismo tem estratégias para organizar e diferenciar suas células para a sobrevivência e reprodução. Com isso vem uma rede de comunicação entre as células que regulam o posicionamento e abundância de cada tipo de célula para o benefício de todo o organismo. Uma parte fundamental desta organização é a diferenciação celular, que é onipresente em organismos multicelulares. Este nível não pode ser explicada por a soma das partes, as células, e requer coordenação organizacional de um nível acima do que existe em células individuais. Há uma hierarquia de 4 níveis de controlo em organismos multicelulares que constitui uma rede reguladora do gene. Esta rede reguladora do gene é essencial para o desenvolvimento do zigoto única célula para um indivíduo multicelular de pleno direito.

Se a evolução e transição de unicelulares a vida multicelular  é extremamente complexo, a chance de que isso aconteceu uma vez também é extremamente pequena. Que isso supostamente aconteceu várias vezes separadamente, se torna ainda mais remotamente possível. Evolução convergente de traços similares são evidências contra e não a favor da evolução. A fim de inferir que uma proposição é verdadeira, essas nuances são importantes para serem observados. A chave está nos detalhes. Como Behe ​​declara: Para dizer que alguma função é entendida, cada passo relevante no processo deve ser elucidado. Os passos relevantes no processo biológico ocorrem em última análise, ao nível molecular, de modo que uma explicação satisfatória de um fenómeno biológico, tais como a de fazer de novo de proteínas essenciais para a vida multicelular deve incluir uma explicação molecular de comunicação celular e de junção de células.

As células tinham, não só de  manter-se juntas, mas mecanismos importantes para manter as células em conjunto tiveram que surgir, ou seja, a capacidade das células individuais para associarem em padrões precisos para formar tecidos, órgãos e sistemas de órgãos requer que as células individuais podem reconhecer, aderir, e comunicar uns com as outras.

De todas as interações sociais entre as células em um organismo multicelular, as mais fundamentais são aquelas que mantêm as células juntas. O aparelho de junções celulares e da matriz extracelular é fundamental para todos os aspectos da organização, funcionamento e dinâmica de estruturas multicelulares. As células de animais usam receptores de adesão especializadas para fixar uma a outra. Muitas destas proteínas de adesão são proteínas transmembranares, o que significa que a porção extracelular destas proteínas pode interagir com a porção extracelular de proteínas semelhantes sobre a superfície de uma célula vizinha. Embora ilustrações de estruturas adesivas podem sugerir que elas são estáticas, uma vez montadas, elas não são nada disso. As células podem montar e desmontar aderências dinamicamente em resposta a uma variedade de eventos. Este parece ser um requisito essencial para a função desde o início de multicelularidade. Muitas proteínas de adesão são continuamente recicladas: proteína na superfície da célula é internalizada por endocitose, e novas proteínas são depositadas na superfície através de exocitose. As máquinas moleculares para exercer essas funções, portanto, tiveram  a surgir juntamente com proteínas de adesão. Além disso, a adesão celular é coordenada com outros processos principais, incluindo

1.Sinalização cellular,
2.movimento das células,
3.proliferação cellular, e
4.sobrevivência das células.

Sabemos agora que os receptores de adesão célula-célula caem em um número relativamente pequeno de classes. Eles incluem

1.immunoglobulin proteínas (IgSF) superfamília,
2.cadherins,
3.selectins, e, em alguns casos,
4.integrins

Para explicar multicelularidade, sua origem deve ser explicada

Assim, o aparelho de junções celulares e da matriz extracelular é fundamental para todos os aspectos da organização, funcionamento e dinâmica de estruturas multicelulares. O surgir de junções adesivas, junções apertadas e junções comunicantes, e como eles surgiram  é um fator chave para explicar a vida multi-celular. As células de organismos multi-celulares detectam e respondem a inúmeros sinais internos e extracelulares que controlam o crescimento, a divisão e a diferenciação durante o desenvolvimento, bem como o seu comportamento em tecidos adultos. No coração de todos estes sistemas de comunicação estão proteínas reguladoras que produzem sinais químicos, os quais são enviados de um   lugar para outro no corpo ou no interior de uma célula, geralmente a ser processados ao longo do caminho e integrados com outros sinais para fornecer comunicação clara e eficaz. Estes canais de comunicação tinham que surgir em conjunto com os mecanismos de junção, a fim de estabelecer múltiplos organismos celulares bem sucedidos. Uma característica sem o outro não teria fornecido o sucesso ea vantagem de sobrevivência.

A capacidade das células para receber e atuar sobre os sinais de fora da membrana  plasma é fundamental para a vida. Esta conversão de informação em uma alteração química, transdução de sinal, é uma propriedade universal de células vivas. Transduções de sinal são muito específicas e extremamente sensíveis. A especificidade é conseguida por complementaridade molecular precisa entre as moléculas de sinal e do receptor.

Pergunta: Transdução de sinal tinha que estar presente nas primeiras células vivas. Como poderiam a especificidade da molécula de sinal, e o ajuste preciso no seu receptor complementar ter evoluído gradativamente? Ou a amplificação, ou a dessensibilização / adaptação, em que a ativação do receptor desencadeia um circuito de realimentação, que desliga o receptor ou o remove da superfície da célula, uma vez que o sinal obtido calha? Não tinham ambos, a molécula de sinal, e o receptor surgir ao mesmo tempo, sendo que a existencia de um só faz sentido na presença e sintonização e convenção de informação  com o outro ? Sem que haja a invenção e pre-programação de comunicação, nada funciona.

Três fatores contribuem para a sensibilidade extraordinária de transdutores de sinal: a elevada afinidade dos receptores para as moléculas de sinal, cooperatividade (muitas vezes, mas não sempre) na interacção receptor-ligando, e a amplificação do sinal por cascatas de enzimas. O gatilho para cada sistema é diferente, mas as características gerais de transdução de sinal são comuns a todos: um sinal interage com um receptor; o receptor ativado interage com a maquinaria celular, produzindo um segundo sinal ou uma alteração na atividade de uma proteína celular; a atividade metabólica da célula alvo sofre uma alteração; e finalmente, o evento de transdução termina. Este parece ser um sistema irredutível, exigindo alto teor de pré-programação e avançada  codificação que só pode acontecer mediante um programador inteligente.

http://reasonandscience.heavenforum.org/t2181-cell-communication-and-signalling-evidence-of-design

Pergunta: como é que a alta afinidade, cooperatividade e amplificação surgiram? Uma convenção pré-estabelecida não é necessária, e assim  um processo mental para produzir a função? A chance ( sorte ) , our tentar e errar, ou a evolução, não são mecanismos completamente incapazes de obter esse sistema de informação funcional?

Esta é uma mudança evolutiva macro importante, essencial e fundamental, e a explicação de macro-evolução deve levar em conta essas alterações, e fornecer  maneiras possíveis e prováveis através de mutação e seleção natural. Para além disso, uma mudança em vários níveis de organização biológica tinha de ocorrer, proporcionando uma vantagem considerável de sobrevivência, considerando que, por exemplo, um dos primeiros passos de cooperação necessários para a evolução da multicelularidade nas algas volvocine foi o desenvolvimento da matriz celular extracelular a partir de componentes de parede celular, que pode ser metabolicamente dispendioso para produzir. Mas muito mais é necessário.

Ann Gauger: Novos genes e proteínas devem ser inventados. O citoesqueleto, os genes Hox, desmosomes, moléculas de adesão celular, fatores de crescimento, microtúbulos, microfilamentos, neurotransmissores, o que for preciso para obter células para ficarem grudadas uma a outra, formar diferentes formas célulares, especializar-se, e devem comunicação entre células, tudo isso tem que vir de algum lugar. Proteínas e RNAs regulatórios devem ser feitos para controlar a expressão no tempo e no espaço destas novas proteínas de modo que todos eles trabalham em conjunto com caminhos de comunicação já existentes. De fato, para que o desenvolvimento prossiga de qualquer organismo, toda uma cascata de genética e bioquímica coordenada é necessária, eventos para que as células se dividem, mudam de forma, migram e, finalmente, diferenciam-se em vários tipos de células, todos na sequência certa na hora e no lugar certo. Estas cascatas e as divisões celulares resultantes, as mudanças de forma, etc., são mutuamente interdependentes. Interrompendo uma interrompa os outros.

E por último, não menos importante:

Como engenheiros cuidadosamente explodem uma ponte, as células têm intrincados mecanismos suicidas programados. Sem apoptose, toda a vida multicelular seria impossível. Boa sorte para os defensores da evolução para explicar como surgiu tudo isso....

http://reasonandscience.heavenforum.org/t2193-apoptosis-cell-s-essential-mechanism-of-programmed-suicide-points-to-design

post original:

http://reasonandscience.heavenforum.org/t2010-unicellular-and-multicellular-organisms-are-best-explained-through-design

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum